08 August 2014

What’s the Best Mouthwash?

There's a cheap concoction one can make at home that safely wipes out cavity-forming bacteria on our teeth better than chlorhexidine mouthwash and also ...

"Qual é o melhor enxaguante bucal?"

Os efeitos duma dieta vegetariana nas doenças sistémicas como câncer, diabetes e doenças cardíacas foram estudados, e revelaram predominantemente menos doenças sistémicas em vegetarianos, mas houve apenas alguns estudos sobre saúde bucal, sobre os quais eu falei em vídeos anteriores... mas o que é que há de mais recente? Num estudo de 100 vegetarianos comparados com 100 não vegetarianos, os vegetarianos tiveram melhores condições periodontais (menos sinais de inflamação como sangramento de gengiva, menos dano periodontal e melhores cuidados dentários, escovando e usando fio dentário 2,17 vezes ao dia em comparação com 2,02, sem grande diferença, por isso talvez fosse algo na dieta, embora os vegetarianos possam ter em geral um estilo de vida mais saudável, além de evitar a carne. Eles controlaram o tabagismo, mas outras coisas como a obesidade podem afetar negativamente a saúde bucal, por isso podem existir fatores de confusão. Nós precisamos é de um estudo intervencionista, onde eles pegam em pessoas que comem a dieta ocidental padrão, melhoram as suas dietas e observam o que acontece, Mas nenhum estudo desses existia... ...até agora. Com o apoio profissional de nutricionistas, os participantes do estudo com doença periodontal mudaram os seus padrões alimentares para a chamada nutrição saudável, uma dieta que enfatiza vegetais, fruta, grãos inteiros, batata, feijão, ervilhas, lentilhas e especiarias com água a bebida preferida. Que conceito! Para garantir que as alterações resultantes eram devidas à dieta, eles certificaram-se que todos mantinham a mesma higiene bucal antes e depois da mudança na dieta. O que é que descobriram? Eles descobriram que comer saudável pareceu levar a uma redução significativa da profundidade da bolsa periodontal, inflamação gengival, inflamação das gengivas e níveis de citocinas inflamatórias,

que medeiam a destruição tecidual na doença periodontal. Por isso, pode-se concluir que uma nutrição saudável pode MELHORAR a saúde periodontal. Mas porquê? Sim, as dietas baseadas em plantas têm uma série de benefícios nutricionais em termos de densidade de nutrientes, mas também pode ser devido à melhoria do equilíbrio entre radicais livres e o nosso sistema de defesa antioxidante. Tradicionalmente, os conselhos dietéticos para a saúde bucal eram apenas evitar o açúcar, que alimenta as bactérias más dos nossos dentes, mas agora sabemos que alguns alimentos e bebidas, como o chá verde, têm propriedades antimicrobianas para combater as bactérias produtoras de placa diretamente. Streptococcus mutans foi identificada como o inimigo oral #1. Se a placa é causada por bactérias, porque não simplesmente usar antibióticos? Muitas tentativas dessas foram feitas, no entanto, efeitos secundários indesejáveis como resistência a antibióticos, vómitos, diarreia e manchas nos dentes impediram o seu uso. Numa placa de Petri, os fitonutrientes do chá verde efetivamente inibiram o crescimento dessas bactérias, mas e na nossa boca? Eles descobriram que enxaguar com chá verde inibiu fortemente o crescimento da bactéria da placa nos nossos dentes em poucos minutos. Sete minutos depois de enxaguar com chá verde, o número dessas bactérias no raspamento da placa dos dentes das pessoas foi cortado quase pela metade. Por isso, se você puser pessoas a enxaguar com água com açúcar na boca, dentro de três minutos, o pH nos nossos dentes pode cair na zona de perigo da formação de cáries. Mas se 20 minutos antes de o fazer, você enxaguou com chá verde, você elimina tantas bactérias da placa que a mesma água de açúcar dificilmente tem algum efeito. Então, eles concluem, que usar chá verde como um enxaguante bucal ou adicionando-o à pasta de dentes pode ser uma medida de prevenção de cáries económica especialmente nos países em desenvolvimento,

porque aqui no mundo "civilizado" temos enxaguantes anti-sépticos com produtos químicos XPTO como a clorhexidina, considerado o melhor agente anti-placa. Se ao menos não causasse danos genéticos... O dano no ADN foi detectado em indivíduos que enxaguam a boca com enxaguantes que contém clorhexidina, e não apenas nas células da boca. 13 voluntários enxaguaram a boca com aquilo por algumas semanas e não só houve um aumento no dano no ADN nas células que cobriam as suas bochechas mas também nas suas células de sangue periféricas, sugerindo que foi absorvida pelos seus corpos. Sim, reduziu a placa melhor do que outros produtos químicos anti-sépticos, no entanto, pode ser duvidoso se a clorhexidina ainda pode ser considerada o melhor quando se considera o quão tóxico é para as células humanas. Então, temos que escolher entre eficácia ou segurança? E que tal um teste direto entre clorhexidina e chá verde? O chá verde funcionou MELHOR do que a clorhexidina na redução da placa. Por isso, usar o chá verde como enxaguante pode ser mais barato, mais seguro E melhor. E se, como um bónus, você quiser polvilhar algum pó de amla, pó de groselha seca indiana, isso mostra evidentemente um excelente potencial para parar a formação de cáries sem matar as bactérias como o chá verde, mas apenas suprimindo a capacidade de formação de placa da bactéria. Aqui está a quantidade de placa formada sem amla. Aqui está o quanto é formado com amla.